Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

r/c esquerdo



Quinta-feira, 26.03.15

Brevíssimo guia do voto tático para quem não quer maioria absoluta do PSD na Madeira

Aparentemente, as sondagens disponíveis (ver aqui e aqui) preveem fortes possibilidades de o PSD voltar uma vez mais a vencer as eleições madeirenses com maioria absoluta. Mas há eleitores que não o desejam. Que acham, mesmo, que esse seria o pior resultado possível, porque manteria tudo na mesma na política regional, com o mesmo défice democrático típico do jardinismo e as mesmas opções governativas.

O que devem essas pessoas fazer para assegurar que o PSD não tem maioria absoluta?

A questão é a seguinte: o sistema eleitoral na Madeira é bastante fiel à proporcionalidade, mas isso não quer dizer que deixe de haver distorções entre as percentagens de votos obtidos por cada força política e as percentagens de deputados que depois elas vão eleger. Há distorções por dois motivos. Um é o método de Hondt, que concede um ligeiro benefício aos partidos mais votados e prejudica os restantes, também ligeiramente. E o outro são os votos desperdiçados em partidos que não elegem deputados. Ambos os fatores (a que acrescem os votos brancos e nulos, que nunca servirão para nada) fazem com que a força política que chegar à frente possa conseguir uma maioria absoluta com menos de 50% dos votos. A questão está em quão menos.

O eleitor tático não parece poder fazer nada quanto ao primeiro fator: o PSD parece ter garantida a vitória, a coligação Mudança parece estar de pedra e cal em segundo lugar apesar de não ter a mais pequena hipótese de vitória, portanto serão esses os beneficiados e os restantes os prejudicados. Mas pode influenciar o segundo fator.

É que quanto menor for o número de forças políticas que conseguir entrar na assembleia legislativa, menor será a percentagem que o PSD terá de atingir para obter uma maioria absoluta (porque serão mais os votos que se desperdiçam). Ou seja, por paradoxal que possa parecer à primeira vista, é votar nas forças políticas que estão no limiar entre a eleição e a não eleição de deputados que será mais eficaz para impedir a maioria absoluta do PSD.

E essas forças são, com CDS, JPP e CDU em posições aparentemente confortáveis, com a eleição garantida, e MAS, PPM/PDA e PNR aparentemente demasiado longe do objetivo, o Bloco de Esquerda, o PND e o MRPP.

Em suma: queres impedir que o PSD tenha maioria absoluta na Madeira? Ajuda a garantir que BE, PND e MRPP elegem deputados para o parlamento regional.

Pessoalmente, entre esses três sugiro o BE. Mas cada um sabe do seu voto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Jorge Candeias às 19:52




Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Links

  •  
  • Internacional




    Átrio
    (só para habitantes)